Mulheres Reais e Mais Felizes

Texto escrito originalmente para o site do Jogo De Damas 2014/2015. By Erica Martinovski


Esta semana passei os olhos rapidamente por um vídeo na internet, mas precisei parar tudo e dar verdadeira atenção a ele.


Trata-se de um dos materiais da Jean Kilbourne, uma crítica da publicidade e da forma com que nos comunicamos uns com os outros em público. Esse material circula na internet e fala a respeito da imagem de mulher, que ao longo dos anos é construída pelos meios de comunicação e publicidades.


Sem nem te contar de que se trata já saio logo dizendo: é mais do que hora e momento para mudarmos a imagem que temos circulando por aí!!!


Jean nos mostra o quanto nossa imagem é vendida de uma forma muito distante da realidade: mulheres vinculadas sempre a objetos perfeitos de consumo, com formas e traços perfeitos (provavelmente com emoções também perfeitas… porque imagina só se essas mulheres tão perfeitas vão cansar ou ter mau humor…). Isso é como somos comunicadas em público, somos vendidas assim, para homens e para outras mulheres…


Pois isso me diz que fica muito mais difícil sermos felizes, porque estaremos sempre em busca interminável (inclusive para o bolso) de referenciais de consumo que não são reais, e não se sustentam como a realidade mais cotidiana.


E ser feliz está exatamente na possibilidade de ser mais espontânea, poder relaxar sem tanta perfeição, lambuzar o rosto comendo aquele sorvete que insiste em derreter, sair na ventania e deixar o cabelo bagunçado mesmo.


Mulher real é mais feliz. E não precisa apenas de beleza e perfeição para ser notada e para ter seus potenciais reconhecidos. Mulher tem outras belezas que dizem respeito à capacidade de articulação, de inteligência, de estar atenta e focada para realizar, de empreender, e tantas outras possibilidades que não apenas esse clichê de perfeição física e objeto.


Cabe a nós mudarmos essa imagem que insistem em divulgar a nosso próprio respeito!


Segue o link do vídeo pra você despertar também suas reflexões, e ações, sobre o que devemos fazer perante esse fato, que ainda ocorre muito a respeito da imagem feminina:

https://youtu.be/jWKXit_3rpQ


Corpo e Fala

CNPJ 19884047/0001-93

Av. Osvaldo Aranha 1022 sla 1111

relacionamento@corpoefala.com

51 997 37 07 29